Última hora

Última hora

Thousand Oaks lembra vítimas do tiroteio

Em leitura:

Thousand Oaks lembra vítimas do tiroteio

Thousand Oaks lembra vítimas do tiroteio
Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes de Thousand Oaks juntaram-se numa vigília para lembrar as vítimas do tiroteio desta quarta-feira.

Um antigo fuzileiro de 28 anos entrou num dos bares da cidade durante uma festa de estudantes universitários e começou a disparar.

Pelo menos doze pessoas morreram e vinte e uma ficaram feridas.

Ainda não se sabe o motivo do ataque.

Segundo o xerife de Ventura County, o atirador, um soldado condecorado da guerra do Afeganistão, podia estar a sofrer de stress pós-traumático. Tudo indica que se suicidou depois dos disparos.

A comunidade de Thousand Oaks continua em choque.

Segundo o xerife, o ataque é incompreensível e trágico porque “aconteceu numa das cidades as mais seguras dos Estados Unidos”.

Na resposta ao apelo das autoridades, cerca de cem mil pessoas concentraram-se junto a uma unidade de recolha de sangue próxima do local do ataque.