Última hora

Última hora

OE2019: Itália tenta evitar sanções da UE

Em leitura:

OE2019: Itália tenta evitar sanções da UE

OE2019: Itália tenta evitar sanções da UE
Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento italiano prossegue com a penúltima fase de debates sobre o Orçamento do país para 2019.

Durante este fim de semana, os deputados votarão a moção de confiança solicitada pelo Governo de Giuseppe Conte. Na próxima semana, o texto seguirá para apreciação no Senado.

Uma corrida contra o tempo para evitar que um procedimento de infração seja imposto pela Comissão Europeia ao país.

A maratona começa no dia 10 de dezembro, altura em que o Governo de Roma terá que apresentar emendas ao Orçamento do próximo ano que visem a redução do défice.

Bruxelas espera uma redução de cerca de 16 mil milhões de euros, o Executivo de Conte aponta para um corte de sete mil milhões.

Caso seja impossível chegar a um acordo até 19 de dezembro, a Comissão Europeia pode recomendar Conselho de Assuntos Económicos e Financeiros (ECOFIN) que inicie um processo por infracção, que será formalizado até 22 de janeiro de 2019.

O comissário europeu para os assuntos económicos e financeiros, Pierre Moscovici, sublinhou, esta semana, que é necessário evitar uma crise entre a União Europeia e Itália pois isso seria "absurdo e contraprodutivo".