Última hora

Última hora

Ligação Lyon-Turim não é rentável

Ligação Lyon-Turim não é rentável
Tamanho do texto Aa Aa

Não é uma novidade mas agora está comprovado: o projeto de ligação ferroviária de alta velocidade entre Lyon e Turim não é rentável.

A conclusão do estudo encomendado pelo Ministério dos Transportes italiano pode provocar o fim do projeto e agravar ainda mais as relações entre Paris e Roma.

O debate dura há quase trinta anos e conta com quatro acordos internacionais entre Itália e França. O primeiro foi assinado em 1996.

A construção até 2029 do túnel no lado ocidental dos Alpes, que faz parte do "Corredor 5" desenhado pela União Europeia para ligar Lisboa a Kiev, está parada numa encruzilhada política em Itália.

De um lado, a Liga, de Matteo Salvini, que está a favor. Do outro, o Movimento 5 Estrelas, de Luigi di Maio, que está contra.

O comboio de alta velocidade enfrenta também a oposição dos habitantes das comunidades alpinas. O custo considerado excessivo e o impacto ambiental da construção são os principais obstáculos para os defensores do "Não".

O custo da ligação transfronteiriça está avaliado em 8,6 mil milhões de euros.

A União Europeia entra com 40% da verba, Itália contribui com 35% e França com os restantes 25%.