Última hora
euronews_icons_loading
Egito: Artes marciais para lutar contra o assédio

Uma arte marcial nascida no século VI, na ilha de Java, na Indonésia, está agora a ser ensinada a mulheres e crianças no Cairo para que se possam proteger do assédio. A capital do

Egito foi considerada no ano passado, num estudo da Thomson Reuters Foundation, a megápolis mais perigosa do mundo para mulheres, entre outros motivos, por causa da fraca proteção contra a violência sexual.

A arte marcial "Pencak Silat" conta já com mais de 1200 praticantes no Cairo.