Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Europa vai a votos

Europa vai a votos
Tamanho do texto Aa Aa

No Parlamento Europeu, em Bruxelas, prepara-se a noite eleitoral. É na noite de domingo para segunda que vamos conhecer os resultados da votação para as europeias nos vários Estados-membros, mesmo se em sete deles as eleições já decorreram. Vamos ficar a conhecer a nova composição do Parlamento Europeu, a distribuição dos 751 deputados e talvez a criação de novos grupos. Uma questão a que todos vão estar atentos é a provável perda de força dos grupos políticos que têm dominado o PE desde a criação e a confirmação, ou não, do tão falado avanço das forças populistas.

Este domingo vota-se na maioria dos países da União Europeia, incluindo Portugal, que elege 21 eurodeputados. O Brexit é um tema que paira sobre estas eleições. O Reino Unido acabou por ir a votos, mesmo se os 73 deputados só cumpram uma pequena parte do mandato, se as coisas decorrerem como estipulado. Esses lugares vão ser distribuídos por outros países, que se julgam sub-representados no Parlamento Europeu.

Antes do dia em que vota a maioria dos Estados-membros, a Eslováquia foi último país a ter eleições. Depois da eleição de Zuzana Čaputová, advogada anti-corrupção, estas eleições são um teste ao governo de Roberto Fico, fragilizado desde o assassínio de um jornalista que investigava casos de corrupção.