A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

França anuncia imposto digital

França anuncia imposto digital
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Temido há muito pelos gigantes da tecnologia, a França vai mesmo impor um imposto digital sobre os lucros das empresas da internet.

O Senado francês aprovou esta quinta-feira a imposição de um imposto de 3% sobre as empresas digitais com lucros superiores a 750 milhões de euros. Trata-se do primeiro imposto do género implementado por um país europeu.

«Acredito que é nossa responsabilidade, daqueles que foram eleitos, de evitarmos a criação de empresas que se tornam estados privados e que teriam os privilégios dos estados sem os limites e a vigilância que isso implica", afirmou o ministro da economia, Bruno Le Maire.

A França decidiu avançar com este imposto devido ao impasse a nível europeu.

Alguns países, entre os quais a República da Irlanda e vários países escandinavos apresentaram objeções a um imposto europeu.

Paris contudo espera que obter um acordo internacional, isto apesar das ameaças de represálias feitas por Washington.

Neste caso, o governo francês diz que está disposto a desistir do imposto.

Estima-se que este ano, o imposto venha a gerar 400 milhões de euros de receitas.