A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Irão na agenda do Conselho dos Negócios Estrangeiros

Irão na agenda do Conselho dos Negócios Estrangeiros
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É uma agenda cheia e delicada a que espera os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia no Conselho de segunda-feira. A situação no Sudão deve ser um dos pontos a debater.

Mas a maior preocupação da Alta Representante da União Europeia para a Política Externa e Segurança e dos ministros será o anúncio de que o Irão está a quebrar os limites de enriquecimento de urânio previstos no acordo. Numa declaração conjunta, Federica Mogherini e os ministros francês, alemão e britânico exigiram que o Irão "aja em conformidade" com o acordo.

"Se uma das partes do acordo o viola, é difícil imaginar que o outro lado o cumpra indefinidamente, porque, essencialmente, os incentivos que suportam o contrato, seja um acordo internacional ou qualquer outro tipo de acordo, caem por terra", refere Nathalie Tocci, conselheira especial da chefe de política externa da União Europeia.

Os 28 devem também abordar as atuais atividades ilegais de perfuração levadas a cabo pela Turquia em águas que Bruxelas considera pertencer ao Chipre. Os ministros podem cortar o financiamento que a Turquia recebe enquanto candidata à adesão à União Europeia.