A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

A União Europeia quer “salvar" acordo nuclear com o Irão

A União Europeia quer “salvar" acordo nuclear com o Irão
Direitos de autor
REUTERS/Johanna Geron
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia acredita que ainda é possível “salvar" o acordo nuclear assinado com o Irão em 2015. Esta segunda-feira, depois do conselho de ministros dos Negócios Estrangeiros, a Alta representante para a política europeia da UE garantiu que existe unanimidade sobre esta questão.

Para Federica Mogherini, o acordo assinado com o Irão em 2015 “não está com boa saúde mas continua vivo”. Segundo a chefe da diplomacia europeia, os 28 concordam que o texto é a única alternativa capaz de travar um programa nuclear parte do governo iraniano.

Mogherini defende que o Irão deve voltar a cumprir plenamente as regras e considerando que, tecnicamente, todos os passos que foram dados são reversíveis.

Este domingo, Hassan Rohani declarou que o Irão “sempre acreditou em conversações” e que o país está pronto para conversar com a América “a qualquer hora e em qualquer lugar desde que as intimidações e as punições terminem”.