Última hora

Nova queda para a libra esterlina

Nova queda para a libra esterlina
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A pouco mais de duas semanas do final do mês e da saída do Reino Unido da União Europeia as perspetivas económicas são pouco risonhas para a economia britânica.

Esta terça-feira a libra esterlina voltou a deslizar para o valor mais baixo frente ao euro do último mês.

O recuo coincide com o escalar da crise em torno da saída do Reino Unido da União Europeia.

A libra caiu meio cêntimo de euro para 1,115 euros, o valor mais baixo desde o início de setembro. A moeda britânica perdeu ainda meio cêntimo frente ao dólar atingindo $1,224.

O Gabinete britânico de Estatística, ONS, publicou esta terça-feira os dados de produtividade mais recentes que apontam para a estagnação nos últimos quatro trimestres.

A produtividade anual caiu 0,2% no terceiro trimestre de 2018, a seguir teria estagnado no quarto trimestre do ano passado e primeiro trimestre deste ano, seguindo-se uma queda de 0.5% no período compreendido entre Abril e Junho.

Os peritos afirmam que o recuo na produtividade poderá ter impacto sobre os salários, padrões de vida e a competitividade da economia britânica em comparação com outros países.

Segundo o Instituto britânico de Estudos Fiscais, IFS, mesmo numa situação relativamente benigna de ausência de acordo com a União Europeia, tal poderá empurrar a dívida pública britânica para os valores mais elevados desde os anos 60.

A organização adianta que o endividamento público britânico poderá atingir os 110 mil milhões de euros com a dívida pública total a alcançar 90% da receita nacional.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.