Última hora

Tropas sírias aproximam-se da fronteira turca

Tropas sírias aproximam-se da fronteira turca
Direitos de autor
SANA/Handout via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

As tropas de Damasco aproximam-se da fronteira com a Turquia, um dia depois do anúncio de um acordo com as forças curdas para tentar conter a ofensiva turca no norte da Síria.

Sentindo-se abandonados por Washington, os combatentes curdos apelaram ao Exército de Bashar al-Assad, depois da decisão dos Estados Unidos de retirar os seus militares da região.

Acolhidos efusivamente pela população local, os soldados sírios avançaram esta segunda-feira até poucas dezenas de quilómetros de Ras al-Ain, principal foco dos combates entre as forças turcas e e as Forças Democráticas Sírias, principal coligação de combatentes curdos e árabes.

O acordo entre Damasco e os curdos prevê a entrada do Exército nas cidades-chave de Manbij e Kobani. O presidente turco indicou que as suas forças pretendem expulsar os combatentes curdos de Manbij, mas também frisou que não espera ter problemas com Moscovo, aliada de Damasco.

Recep Tayyip Erdogan afirmou que "há muitos rumores a circular. No entanto, sobretudo através [dos contactos] com a embaixada e devido à posição positiva da Rússia a respeito de Kobani, não deverá haver qualquer problema".

Em reação ao acordo entre as forças curdas e o regime de Assad, o Kremlin afirmou que não explora a possibilidade de um confronto na Síria entre militares russos e turcos, frisando que Moscovo está em contacto recorrente com Ancara, nomeamente a nível militar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.