Última hora
This content is not available in your region

Festa das Luzes ofuscada por greves em vários setores

Festa das Luzes ofuscada por greves em vários setores
Tamanho do texto Aa Aa

É hora de grande movimento num restaurante da cidade francesa de Lyon. Mas esta não é a primeira Festa das Luzes para Maxime Pignard, ele dirige o espaço há 7 anos. Ainda assim, a pressão é maior, esta noite. Terá a greve em França um impacto, este ano? Desde os ataques terroristas, em 2015, que o negócio sofreu altos e baixos durante a grande festa da cidade de Lyon:

"Geralmente é como uma semana e meia de grande atividade em apenas quatro dias. Servíamos mais de 700 pessoas no sábado, mas não foi esse o caso no ano passado, por isso veremos este ano", refere Maxime Pignard, empresário na área da restauração.

Uma hora mais tarde qual é o veredicto?

"Estávamos preocupados com a greve, mas pelo menos foi um bom começo", desabafa o proprietário.

"A Festa das Luzes atraiu quase 2 milhões de visitantes no ano passado, incluindo 100 mil estrangeiros: de Itália, Suíça, Espanha, mas também da Alemanha e do Reino Unido. Mas o pontapé de saída coincide com a greve contra a reforma no sistema de pensões. Esta quinta-feira, cerca de 90% dos comboios foram cancelados e o mesmo aconteceu esta sexta-feira, com mais e mais riscos de cancelamentos em restaurantes e hotéis", adianta o enviado da euronews ao evento, Guillaume Petit.

Há poucos dias um hotel de quatro estrelas, no centro da cidade, tinha os 53 quartos reservados. Mas a deceção foi chegando com o passar do tempo e com os cancelamentos a sucederem-se:

"O dia de hoje é, particularmente, invulgar e não corresponde em nada à Festa das Luzes. Costumamos ter uma ocupação de 100 por cento e estamos entre os 60 e os 70%", explica um gerente de hotel, Valentin Pascual.

Outros tiveram mais sorte. Christine está a preparar o seu apartamento para receber os hóspedes. Eles encontraram alternativas ao comboio para chegar a Lyon. Os apartamentos no centro da cidade são muito procurados e os preços aumentam nesta época:

"Alugo o apartamento há 3 anos e para a Festa das Luzes com nove meses de antecedência", explica Christine Clement, proprietária de alojamento local.

A Festa das Luzes, este espetáculo encantador, é a época alta em Lyon, ainda que este ano a expectativa seja maior, devido às greves por tempo indeterminado em território francês.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.