Última hora
This content is not available in your region

Do relvado ao balcão de café, campanha eleitoral avança no Reino Unido

Do relvado ao balcão de café, campanha eleitoral avança no Reino Unido
Tamanho do texto Aa Aa

No futebol e mais ainda na política, Boris Johnson aposta numa tática ofensiva, sempre de olho na maioria absoluta a 12 de dezembro.

Um dia depois do anúncio do Partido Conservador dos planos para investir mais de 600 milhões de euros na modalidade para receber o Mundial de 2030, Johnson foi a jogo. No relvado, na cidade inglesa de Cheadle, mostrou ter fair-play, pelo menos quando o rival Trabalhista não está por perto.

Este sábado, Jeremy Corbyn andou pelo País de Gales, onde esteve reunido com representantes locais do Labour. Antes, aprendeu a fazer café como um verdadeiro barista, numa padaria de Barry.

Os Trabalhistas têm vindo a subir nas sondagens, mas os especialistas antecipam que o cenário mais provável é o de uma maioria absoluta dos Conservadores, caso o parlamento não fique novamente dividido.

Jo Swinson, a candidata dos Liberais Democratas que quer anular o "Brexit", diz que não abandonará o lugar em caso de um mau resultado nas eleições. Este sábado jogou ténis, em Reading, em nome das políticas do partido contra a obesidade infantil e de um estilo de vida saudável.

Nigel Farage, confrontado com um golpe recente de deserções do Partido do "Brexit" para o Partido Conservador, visitou pequenas empresas na cidade de Sedgefield. As sondagens não são animadoras.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.