Última hora
euronews_icons_loading
Lágrimas e emoção na despedida do Reino Unido da UE

A saída da Grã-Bretanha da União Europeia tornou-se oficial na quarta-feira, numa sessão muito emotiva em que o Parlamento Europeu votou a ratificação do "divórcio". Durante o debate houve palavras de apreço e amizade, mas também muitas advertências aos líderes britânicos para que não esperem grandes concessões nas negociações do futuro relacionamento entre os 27 e o país que abandona o clube.

O acordo do Brexit obteve 621 votos a favor e 49 contra.

Após a votação, os eurodeputados entoaram, em coro o "Auld Lang Syne", uma tradicional canção escocesa de despedida.

A Grã-Bretanha é o primeiro país a deixar a UE e para muitos na Europa a sua partida oficial às 23 horas, hora de Londres, na sexta-feira, 31 de janeiro, é um momento de enorme tristeza.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.