Última hora
This content is not available in your region

Mais 833 pessoas morreram de COVID-19 em hospitais e lares de idosos em França

euronews_icons_loading
Mais 833 pessoas morreram de COVID-19 em hospitais e lares de idosos em França
Direitos de autor  CHRISTOPHE SIMON/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Mais 833 pessoas morreram de COVID-19 em hospitais e lares de idosos em França, nas últimas 24 horas - é o número diário mais elevado desde o início da pandemia.

França avançou os números nesta segunda-feira. A contagem agora inclui os falecimentos nas instituições de saúde e nos lares da terceira idade. Anteriormente, os números avançados só tinham em conta o número de mortes nos hospitais.

O país está a aumentar a capacidade para fazer testes à população, anuncia o Ministro da Saúde do país, Olivier Véran:

Trata-se de uma vasta operação de despistagem das pessoas mais vulneráveis. Dando prioridade a pessoas mais velhas, pessoas com deficiência ou mais fragilizadas, assim como aos profissionais que as acompanham tanto nas instituições de saúde como ao domicílio. A ideia é testar todos os residentes e profissionais, a partir do surgimento do primeiro caso confirmado de pacientes com coronavírus no seio de um estabelecimento.
Olivier Véran
Ministro da Saúde de França

Paris abriu um "espaço drive", para fazer o teste ao coronavírus diretamente dentro do automóvel.

Em pleno funcionamento terá capacidade para fazer entre 60 e 80 testes por dia e especialmente direcionado a profissionais de saúde e pacientes em risco.

Em França, para sair de casa é necessário preencher um certificado em papel, atestando a natureza da saída.

Agora também é possível aceder a um certificado digital. O governo francês lançou esta versão para telemóvel que está disponível site do Ministério do Interior.