Última hora
euronews_icons_loading
Bombeiros sem meios para combater chamas na Amazónia

Os incêndios continuam a queimar a floresta tropical amazónica do Brasil. As condições de combate aos fogos são difíceis - só quando a temperatura cai e o vento abranda - e os meios são escassos.

No parque nacional de Triunfo do Xingu, no estado do Pará do Norte, um pequeno grupo de bombeiros trabalha arduamente para tentar deter as chamas. A equipa é liderada pelo Sargento Nazildo Valente da Silva, que diz que o maior problema que enfrentam é o "desafio físico do trabalho".

São cinco homens para cobrir uma área de mais de 84.000 quilómetros quadrados de terra e floresta tropical. Combatem o fogo com o seu equipamento de proteção pessoal, um camião com uma cisterna e bomba de água, algumas ferramentas de raking, mochilas de água, catanas e uma motosserra.

A maior parte dos incêndios na região da Amazónia tem sido atribuída a operações ilegais de exploração madeireira, mineira e agrícola.