Última hora
This content is not available in your region

Joe Biden e Donald Trump frente a frente

euronews_icons_loading
Joe Biden e Donald Trump frente a frente
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Joe Biden e Donald Trump são os dois homens na corrida à Casa Branca, a cinco semanas das Presidenciais nos Estados Unidos os dois candidatos irão encontrar-se frente a frente pela primeira vez. Apesar da agenda norte-americana se encontrar marcada por temas como a gestão da crise do coronavírus, a tensão racial no país ou o número recorde de desempregados, o debate entre os dois rivais deverá ser marcado por questões pessoais.

De acordo com Jonathan Lemire, repórter da Associated Press na Casa Branca, "o Presidente disse a alguns confidentes que via este momento como a oportunidade para mostrar à América "o verdadeiro Joe Biden", que na opinião do Presidente já tinha perdido algumas faculdades e não estava à altura do cargo", sendo que também "podemos esperar alguns ataques pessoais e venenosos à família de Biden, em particular ao seu filho".

Bill Barrow, que tem acompanhado a comitiva de Joe Biden para a Associated Press, "se Trump atacar diretamente Biden, particularmente se forem ataques pessoais, será difícil a Biden resistir à tentação de responder na mesma moeda. Mas o seu objetivo para o debate passa por convencer os eleitores que já decidiram que não querem mais um mandato de Trump mas que ainda não se mostraram dispostos a confiar em Biden."

O debate será realizado na cidade de Cleveland e terá a duração de noventa minutos. As sondagens nacionais dão vantagem a Joe Biden mas no complexo sistema eleitoral dos Estados Unidos, isso tem uma importância relativa. Afinal de contas, há quatro anos, Hillary Clinton teve mais quase três milhões de votos que Trump...