Última hora
euronews_icons_loading
Tributos a Maradona unem Buenos Aires

A notícia da morte de Diego Maradona na tarde de quarta-feira motivou uma rápida junção de admiradores, adeptos e clubes de futebol numa homenagem quase espontânea ao melhor jogador da história da Argentina e um dos melhores de sempre no futebol mundial.

Boca Juniors, onde o mítico "10" começou a fazer dar que falar depois de se ter iniciado noutro pequeno clube da capital, o Argentino Juniors, e o River late, onde sempre se recusou a jogar apesar dos vários convites, uniram-se numa homenagem coordenada.

Às 10 horas da noite, uma hora simbólica, os dois clubes rivais acenderam as luzes dos respetivos estádios para mais uma vez deixarem brilhar a lenda de Maradona.

O Bombonera, a casa do "Boca, deixaria depois só uma luz acesa durante toda a noite, a do camarote que pertencia ao astro argentino.