Última hora
euronews_icons_loading
Polícia russa trava manifestações de apoio a Alexei Navalny

As autoridades russas já tinham avisado e cumpriram: as manifestações do passado domingo pela libertação do principal líder da oposição, Alexey Navalny, foram recebidas por um musculado corpo policial. No final do dia, cerca de 5400 pessoas tinham sido detidas, a maioria em Moscovo.

Na capital, a polícia surpreendeu os manifestantes ao bloquear o acesso ao centro. Os relatos, por parte dos manifestantes, são de violência.

Pelo segundo fim de semana consecutivo, os russos saíram à rua para contestar o governo de Vladimir Putin, um protesto que se estendeu a cerca de uma centena de cidades.