Última hora
euronews_icons_loading
Explosões arrasam campo militar na Guiné Equatorial

A série de explosões que arrasou um campo militar na Guiné Equatorial terá morto bastantes mais pessoas que as 105 anunciadas pelas autoridades, segundo a ONG Human Rights Watch. O campo é contíguo a uma zona residencial na cidade de Bata. O presidente Teodoro Obiang já acusou os militares de negligência por terem munições armazenadas junto a populações civis. As imagens de drone, agora divulgadas, mostram o estado de devastação da zona.