Última hora
euronews_icons_loading
Manifestação dispersada com extintores de incêndio

A polícia usou extintores de incêndio para dispersar os manifestantes que protestavam, esta sexta-feira, contra o golpe militar em Myanmar na capital do país, Rangum, um dia depois da violenta repressão que terá morto pelo menos dez pessoas que participavam em protestos. O golpe do dia 1 de fevereiro levou a junta militar de regresso ao poder no país e afastou a líder "de facto", Aung San Suu Kyi.