euronews_icons_loading
Polícia recorre a canhões de água para dispersar protesto na Tailândia

Forças de segurança da Tailândia recorreram a canhões de água para dispersar uma manifestação este sábado em Banguecoque.

Os protestos foram organizados pelo movimento estudantil antigoverno REDEM ("Restart Democracy", ou "relançar a democracia", em português) e tinham por objetivo exigir novas eleições, emendas à Constituição e o fim das intimidações aos críticos do governo.