Última hora
euronews_icons_loading
Erupção do La Soufrière obriga a evacuação na ilha de São Vicente

Um vulcão entrou em erupção, esta sexta-feira, na ilha de São Vicente, a principal ilha do arquipélago de São Vicente e Granadinas, situado no sudeste do mar das Caraíbas.

Após décadas de inatividade, o vulcão, conhecido como "La Soufrière" (termo francês para "mina de enxofre"), começou a expelir cinzas e fumo, obrigando as autoridades a declarar situação de emergência e a ordenar a evacuação de algumas povoações mais próximas. Mulheres e crianças foram as primeiras a partir de barco.

A explosão inicial projetou cinza quente e fumo a seis mil metros de altitude.

Os especialistas estimam que as condições na ilha se mantenham nos próximos dias, ou até nas próximas semanas.

A explosão inicial de La Soufriere, o pico mais alto de São Vicente e Granadinas, enviou plumas de cinza quente e fumo a 6.000 metros (20.000 pés) para o ar na sexta-feira de manhã.

Uma segunda erupção, menor, teve lugar sexta-feira à tarde, arrotando uma nuvem de cinzas com 4.000 metros de altura, disse o Centro de Investigação Sísmica da Universidade das Índias Ocidentais.

O La Soufriere tem 1235 metros e é o pico mais alto de São Vicente e Granadinas. Não entrava em erupção desde 1979, mas, foi em 1902 que teve a sua maior erupção, desde que há registo, matando mais de 1000 pessoas.