Última hora
Advertising
This content is not available in your region

Polícia de Bruxelas dispersa multidão que celebrava a reabertura das esplanadas

euronews_icons_loading
Polícia de Bruxelas dispersa multidão que celebrava a reabertura das esplanadas
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A noite que, em Bruxelas, começou em festa, acabou com a polícia a dispersar a multidão. Milhares de cidadãos reuniram-se, este sábado, na praça Flagey, depois de o coletivo "Le Cri" ter convocado, através do Facebook, uma concentração para celebrar o fim do recolher obrigatório e a reabertura das esplanadas, encerradas há quase sete meses, devido à covid-19.

O autarca de Ixelles reconhece que "estas não são imagens que queiramos ver todas as semanas, não faz sentido que a polícia tenha de fazer cumprir as regras, tendo de estar sempre a atuar onde as pessoas estão".

No entanto, diz não saber de que outra forma pode levar as pessoas a cumprir as regras sanitárias ainda em vigor e admite já ter tentado "outros métodos", em que a intervenção foi "musculada".

Após o fecho de bares e restaurantes às 22h00 (hora local), o respeito pelo distanciamento social ficou praticamente impossível, com o volume de pessoas na rua a adensar-se, muitas delas sem máscara,

Algumas centenas recusaram-se a obedecer ao apelo da polícia para dispersar e receberam a intervenção das forças de segurança em protesto e com arremesso de objetos.