Última hora
This content is not available in your region

Silêncio na cidade russa de Kazan após tiroteio numa escola

euronews_icons_loading
Silêncio na cidade russa de Kazan após tiroteio numa escola
Direitos de autor  Dmitri Lovetsky/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Kazan em silêncio e em estado de choque. A cidade russa, a 800 km a leste de Moscovo, foi o cenário trágico de um tiroteio na Escola 175 onde nove pessoas morreram - sete crianças e dois professores.

Centenas de cidadãos de Kazan deixaram velas, flores e brinquedos nos portões da escola formando um memorial improvisado. O atacante, Ilnaz Galyaviev, um ex-aluno da escola de 19 anos, foi preso. No momento de abrir fogo terá proclamado ser "Deus".

Depois do incidente, o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que vai alterar as leis do controlo de armas em toda a Rússia. O próprio atacante tinha conseguido um registo de caçadeira em abril. Vão ser tomadas medidas restritivas sobre o uso de armas no país a partir dos próximos dias.