Última hora
This content is not available in your region

Boris Johnson mantém confinamento por 4 semanas

De  Euronews
euronews_icons_loading
Boris Johnson teve de recuar no plano de desconfinamento
Boris Johnson teve de recuar no plano de desconfinamento   -   Direitos de autor  Leon Neal/AP
Tamanho do texto Aa Aa

A reabertura completa das atividades, programada para 21 de Junho, no Reino Unido, foi adiada para 19 de Julho devido ao a propagação da variante delta do coronavírus. O anúncio feito pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

Numa conferência de imprensa na segunda-feira, o chefe do governo britânico disse estar "confiante de que não precisaremos de mais do que quatro semanas", uma vez que entretanto mais milhões de pessoas estarão totalmente vacinadas contra o vírus.

Para Johnson, é "sensato esperar um pouco mais" e "é tempo de aliviar o acelerador".

De acordo com o plano do governo para sair do bloqueio, todas as restrições ao contacto social deveriam ser levantadas na próxima segunda-feira, 21 de junho.

Antes do anúncio de Boris Johnson, centenas de pessoas participaram num protesto junto à residência oficial do primeiro-ministro contra o prolongamento das restrições. A medida vai afetar principalmente o setor da hotelaria, que tinha depositado a esperanças numa reabertura completa de Verão para recuperar algumas das perdas do ano passado.