Última hora
euronews_icons_loading
Várias personalidades norueguesas prestaram homenagem às vítimas

O príncipe herdeiro da Noruega, Haakon Magno, juntou-se na quinta-feira (22 de julho) aos sobreviventes e familiares na ilha de Utoya para recordar e prestar homenagem às vítimas do pior assassinato em massa do país.

No dia 22 de julho de 2011, o ativista de extrema-direita, Anders Breivik, detonou uma bomba em Oslo, a capital.

Vestido de polícia, dirigiu-se, então, para a pequena ilha de Utoya onde perseguiu e matou a tiro 69 pessoas, na sua maioria adolescentes, pertencentes à ala juvenil do Partido Trabalhista.