Última hora
This content is not available in your region

Nuvem tóxica poupa Portugal Continental e Madeira

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Nuvem tóxica poupa Portugal Continental e Madeira
Direitos de autor  AP / Emilio Morenatti
Tamanho do texto Aa Aa

O gás tóxico expelido pelo vulcão Cumbre Vieja, nas Canárias, vai chegar a uma grande parte do território de Espanha continental, mas poupa Portugal, segundo o sistema europeu de satélites Copernicus, que está a monitorizar a erupção. Segundo o Copernicus, a nuvem de dióxido de enxofre vai cobrir uma parte significativa da Península Ibérica, mas sem entrar em território português. Tanto Portugal Continental como a Madeira ficam fora do alcance da nuvem. Já Marrocos, Tunísia, Líbia e partes de França e Itália vão ter o gás tóxico no céu.

Gráfico mostrando a área afetada pela nuvem tóxica

O comité científico local que está a acompanhar o fenómeno tem agora dúvidas de que a lava chegue ao mar o que, se acontecer, irá produzir chuva ácida. As autoridades reiteram os apelos para que a população não se aproxime das áreas afetadas pela erupção, já evacuadas. Cerca de 5500 pessoas foram retiradas. A erupção, que dura desde domingo, destruiu um grande número de casas e infraestruturas. As localidades de El Paraíso e Todoque são, para já, as mais afetadas, mas a lava está também a fazer estragos em Tazacorte, onde dezenas de casas foram já evacuadas. A progressão da lava deve continuar ao longo dos próximos dias.