This content is not available in your region

A volta ao mundo em Árvores de Natal

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
A volta ao mundo em Árvores de Natal
Direitos de autor  Alexander Zemlianichenko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.

Com a pandemia ainda a restringir as viagens neste Natal, em Moscovo podem ver-se árvores de Natal temáticas das maiores cidades do mundo. É mais uma edição do Festival "Viagem ao Natal" promovido pela autarquia. Uma espécie de "vá para fora, cá dentro", na capital russa.

O projeto "Galeria de Árvores de Natal de Designer" é uma nova adição à tradicional festa "Viagem ao Natal" que, no ano passado, foi reduzida devido à pandemia.

As árvores foram criadas por designers, músicos, atores e bailarinos russos, cada um deles dando uma cidade específica para inspiração.

Uma árvore enfeitada a vermelho, decorada com um tema do Moulin Rouge representa Paris; as formas de massa fazem parte de uma árvore dedicada ao balneário italiano de Forte-dei-Marmi; guarda-chuvas e elétricos decoram uma árvore temática de Lisboa.

Viena, Nova Iorque, Pequim e Moscovo também estão representadas e as estatuetas douradas do Óscar saúdam Hollywood, enquanto uma árvore decorada com corujas e letras representa o mundo de Harry Potter.

"Quinze pessoas famosas de Moscovo fizeram árvores de Natal incrivelmente bonitas, dedicadas às mais famosas e maiores cidades do mundo. Uma vez que os nossos cidadãos não podem viajar hoje em dia, têm uma oportunidade única de vir ver as árvores de Natal que enfeitam diferentes cidades em diferentes capitais", diz Artyom Krivda, o diretor criativo da Gallery of Designer Christmas Trees.

Com eventos menos restritos em Moscovo do que no Natal passado, os organizadores dizem que esta espetacular exibição de árvores de todo o mundo não pode deixar de trazer um toque de alegria sazonal bem necessário.

"Posso dizer com toda a confiança que as nossas árvores de Natal são as mais bonitas da cidade". Desejo que todos aqueles que não têm disposição para o Ano Novo ou que duvidam de alguma coisa, ou que precisam de receber alguma carga incrível de emoções, venham aqui e vejam estas árvores com os seus próprios olhos", diz Krivda.

Como parte da festa mais vasta da "Viagem ao Natal", foram criados 27 locais em toda a cidade - cada um representando tradições sazonais de Ano Novo e de Natal de diferentes países.

Existem 20 mercados de Natal, 21 carrosséis, atividades desportivas, competições de curling ao ar livre e 18 ringues de patinagem gratuitos.

Personagens trajados dão as boas-vindas aos visitantes - poderão ter perdido as celebrações do ano passado devido à pandemia.

"As pessoas sentiram a sua falta e têm toda a razão. No ano passado, realizámos o festival de forma muito modesta, mas sem nenhum evento de massas. Este ano, as pistas de patinagem e os restaurantes e os nossos chalés de compras estão a funcionar, a música está a tocar, por isso espero que tentemos alcançar e criar um clima festivo para todos os nossos convidados", diz Aleksey Nemeryuk, Ministro do Governo de Moscovo.

A Praça Tverskaya da cidade recriou o ambiente de um baile de máscaras.

A Praça da Revolução é decorada ao estilo dos ricos comerciantes de Moscovo.

Há até uma árvore de Natal falante. "Eu sou uma árvore de Natal. Olá a todos! Sejam bem-vindos. Hoje apresento-vos o trenó do Padre Frost, que acaba de ser realizado nesta Praça da Revolução, e estou a participar na viagem para o projeto do Natal. Todos os dias e hoje há coisas saborosas à vossa espera, oh, olá, olá!" diz a árvore.

Os organizadores dizem que o seu principal desejo é encher as pessoas de espírito festivo - e isso parece estar a funcionar.

O Festival "Viagem ao Natal" é organizado pelo gabinete do presidente da Câmara de Moscovo e é realizada anualmente desde 2013. Esta edição decorre até 9 de janeiro.