This content is not available in your region

Cebolas que não fazem chorar

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AP
euronews_icons_loading
Cebolas que não fazem chorar
Direitos de autor  RAUL ARBOLEDA/AFP

Os supermercados britânicos vão começar a vender “cebolas que não fazem chorar”. São chamadas de Sunions e serão vendidas pelo retalhista britânico Waitrose, a partir da próxima terça-feira, quatro anos depois de terem sido introduzidas no mercado norte-americano. Para além da etiqueta, os clientes não serão capazes de as distinguir das “normais”.

Foram desenvolvidas pela gigante farmacêutica Bayer, que vendeu o seu ramo agrícola à BASF em 2018. Foram necessários 24 anos de cruzamento de cebolas cuidadosamente selecionadas e menos picantes e cinco milhões de dólares para fazer as cebolas Sunions . E não foram geneticamente modificadas. Foram colhidas em julho passado em Espanha, e armazenadas desde então para garantir que não causariam uma única lágrima.

As cebolas Sunions vão custar mais do triplo do preço das cebolas mais baratas vendidas pela Waitrose. Agora, cabe aos consumidores dizer se vale a pena a diferença de preço.