euronews_icons_loading
Taiwan prepara início do Ano do Tigre e espera "domar" a pandemia

Esculturas e totens de tigres estão a decorar as ruas de Taipé, a capital de Taiwan, para assinalar o início do Ano do Tigre, no calendário chinês, e que vai coincidir com o dia 1 de fevereiro no calendário gregoriano.

No zodíaco chinês, o tigre representa a força e o poder. Alguns residentes de Taipé esperam que seja o ano chinês que "vai controlar e acabar com a pandemia" de Covid-19.

As celebrações do Ano Novo Lunar nos templos da antiga ilha Formosa, atualmente um território insular independente de reconhecimento internacional limitado, autoproclamado como República da China, mas reclamado como parte da República Popular da China no âmbito do princípio de "uma só China".