euronews_icons_loading
Irlanda do Norte assinala 50 anos do "Domingo Sangrento"

A Irlanda do Norte homenageou as 14 pessoas que perderam a vida em 1972, nos violentos confrontos entre católicos, protestantes e o exército britânico.

O confronto em Derry começou com um desfile de dez mil pessoas que seguiam em direção à Câmara Municipal. Os soldados dispararam contra os manifestantes, provocando a morte de 14 ativistas católicos e 26 feridos.