This content is not available in your region

Homem recebe primeiro transplante de coração de porco

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com Lusa
euronews_icons_loading
Homem recebe primeiro transplante de coração de porco
Direitos de autor  AP/AP

É uma estreia mundial: um norte-americano de 57 anos recebeu um transplante de um coração proveniente de um porco geneticamente modificado.

A operação foi realizada por uma equipa do Centro Médico da Universidade de Maryland, que recebeu uma autorização especial da agência reguladora norte-americana, face ao caráter terminal do paciente, David Bennett.

Em comunicado, Bennett disse que decidiu submeter-se à cirurgia pois a alternativa era morrer e "era a [sua] última hipótese", já que ele não era elegível para o transplante de um coração humano.

Bartley Griffith, cirurgião do Centro Médico da Universidade de Maryland:"É significativo porque não uma fonte de substitutos para orgãos humanos. [...] Há pessoas que, devido à escassez de corações humanos, não são incluídas nas listas de transplantes, devido à idade e outras razões."

A operação, que durou sete horas, foi realizada na passada sexta-feira.

Apesar de não ter havido rejeição imediata e do paciente estar, segundo os médicos, a recuperar bem, será preciso ainda esperar antes de declarar a cirurgia como um sucesso que, poderá assim, mudar e salvar vidas no futuro em todo o mundo.