A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Vídeo

Mais de metade dos inquiridos disse preferir permanecer na União Europeia à deixar o bloco, tendo em conta as possibilidades que se apresentam: o plano de May, sair sem acordo ou um estatuto "à norueguesa."