A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Vídeo

Vladimir Gorbenko conta que decidiu partir sem notificar ninguém. Depois de viajar pela Ucrânia, o capitão afirma que quando chegou ao controlo de Chaplinka, no sul do país, perto da fronteira com a Crimeia, apenas mostrou o passaporte russo e deixaram-no passar.