A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Vídeo

O chefe da diplomacia húngara ignorou os comentários relativos à proximidade entre os Governos de Budapeste e de Moscovo. Péter Szijjaártó classificou como "enorme hipocrisia" as críticas que o Ocidente faz à Rússia pois mantém laços comerciais com Moscovo, em especial no setor da energia.