A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Vídeo

A representação feminina no próximo Parlamento Europeu vai aumentar dos atuais 36por cento para 39 por cento. Ainda está longe da paridade, apesar de alguns países, tais como Portugal, terem adotado esse princípio na lista de candidatos.