Pelo menos 400 pessoas foram detidas em Moscovo, no protesto contra a atuação policial no caso do jornalista Ivan Golunov, que foi acusado de tráfico de droga, mas acabou por ser libertado na terça-feira.
Leia o artigo

more from Notícias