A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora
Executivo de Carrie Lam admite "trabalho inadequado" na origem dos "confrontos e conflitos" dos últimos dias, mas não dá sinais de quebra nem de recuo completo no projeto-lei de extradição
Leia o artigo

more from Notícias