Segundo a procuradoria francesa não houve ato criminoso no incêndio da catedral de Notre Dame. A investigação segue à procura de possível negligência.
Leia o artigo

more from Notícias