Última hora

Vídeo

Segundo um comunicado do Ministério turco da Defesa, citado pelas agências de notícias internacionais, as milícias curdo-sírias Unidades de Proteção ao Povo (YPG) estão por detrás do atentado.
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.