Vídeo

euronews_icons_loading
O mercado energético europeu tem sofrido o impacto da invasão russa da Ucrânia