Vídeo

euronews_icons_loading
Tanques da milícia da República Popular de Luhansk, na Ucrânia