O livro compila dados recolhidos em 15 países, ao longo de seis anos

"Livro Negro do Reenvio Forçado" revela práticas ilegais nas fronteiras da UE

Além da intervenção ao nivel comunitário, os autores do livro instam os governos a investigarem os casos e claramemente repudiarem estas práticas.