Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

Utalk

Estudar na União Europeia

10/05/12 20:30 CET

close share panel

Share this article

Twitter Facebook

Csilla, Hungria: “Chamo-me Csilla. Sou da Hungria. Este verão, a minha sobrinha completa o secundário e a partir de setembro quer ir para a universidade em França. As universidades francesas podem recusar-lhe a candidatura? Ela terá de pagar pelos estudos?”

Malgorzaata Kurowska, responsável de comunicação, Europe Direct:
“Sendo cidadão da União Europeia, tem o direito de estudar em qualquer país da União nas mesmas condições que os nacionais. Por isso pode estudar em França”.

“As condições de entrada variam significativamente entre os países e as diferentes universidades. Independentemente de outras condições, não pode ser recusada a entrada na universidade com base na nacionalidade. Mas as universidades podem exigir um teste de línguas”.

“No entanto, tais regras devem ser aplicadas de forma proporcional e, na medida do possível, abrindo exceções para levar em conta circunstâncias particulares, por exemplo, se já estudou ou trabalhou num país utilizando a língua”.

“Deve saber que a lei europeia não isenta de propinas. Estabelece que deve ser tratado da mesma forma que um estudante do país onde está. Se os estudantes franceses têm de pagar propinas, também terá de pagar mas não lhe podem exigir que pague mais propinas que os cidadãos franceses”.

“Este tratamento não se estende aos apoios, bolsas e empréstimos. Alguns países podem, no entanto decidir, por iniciativa própria, dar bolsas a estudantes estrangeiros. Quando vai estudar para fora pode ainda conseguir uma bolsa de estudos no seu país de origem, algo que cabe às autoridades do seu país decidir”.

Para colocar uma questão clique no link abaixo:

euronews.com/u-talk

Mais informação sobre

Copyright © 2014 euronews

Participe

É necessário o JavaScript para este vídeo

Últimas notícias

Acidente da SpaceShipTwo é duro golpe para o turismo espacial

Acidente da SpaceShipTwo é duro golpe para o turismo espacial

O acidente da nave SpaceShipTwo da Virgin Galactic durante um voo de ensaio representa um duro golpe para o turismo espacial, quando a empresa conta já com um grande número de clientes. O aparelho despenhou-se no deserto do Mojave, nos Estado norte-americano da Califórnia

Luta pelo poder no Burkina Faso

Luta pelo poder no Burkina Faso A vaga de contestação no Burkina Faso prossegue e com ela a luta pelo controlo do país. …

Nigéria: líder do Boko Haram nega acordo de cessar-fogo com…

Nigéria: líder do Boko Haram nega acordo de cessar-fogo com governo O líder do grupo islamita Boko Haram, Abubakar Shekau, nega ter chegado a um acordo de cessar-fogo…