Última hora

Última hora

Ryanair volta a avançar para a Aer Lingus

Em leitura:

Ryanair volta a avançar para a Aer Lingus

Tamanho do texto Aa Aa

A Aer Lingus está, mais uma vez, no radar da Ryanair. E os mercados não se mostraram nada desagradados.

As ações da transportadora irlandesa Aer Lingus, que antes estava sob controlo estatal, dispararam mais de 18 por cento na bolsa de Dublin, atingindo o valor unitário de 1,10 euros.

Mesmo assim, continuam abaixo da oferta da Ryanair, que propôs 1,30 euros por ação, num acréscimo de 38 por cento em relação ao que o mercado estabeleceu no dia anterior.

Esta já é a terceira vez que a Ryanair tenta adquirir a companhia rival. Na verdade, a maior transportadora aérea low-cost do mundo já detém quase 30 por cento do capital, sendo o maior acionista. Agora pretende avançar para os 50 por cento.

Em plena execução do plano de resgate, o governo irlandês depara-se com a proposta de vender a sua fatia da empresa.

Segundo a Ryanair, é o país que sai a beneficiar, porque os cofres públicos poderão lucrar se houver uma guerra de licitações com a Etihad Airways, que comprou quase 3 por cento da Aer Lingus, no mês passado.

As entidades reguladores já bloquearam o processo de aquisição por duas vezes. Desta feita, argumenta-se que o contexto das companhias aéreas europeias está mais sólido, apontando-se o reforço da Airfrance, British Airways, Lufthansa e Easyjet.

A posição da Ryanair no mercado justifica as suas ambições, declarando que pretende criar um poderoso grupo irlandês.