Última hora

Última hora

Euros tornam-se "moeda da revolta" em Espanha

Em leitura:

Euros tornam-se "moeda da revolta" em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

A revolta dos espanhóis contra as medidas de austeridade do governo e os mercados financeiros tem uma nova forma de expressão. Várias mensagens circulam nos últimos dias, de mão em mão, escritas sobre notas de euro. Um protesto simbólico que se transformou quase numa “moeda corrente”, à medida que vários internautas publicam as imagens das notas rabiscadas, nas redes sociais.

Nesta nota um cidadão indignado não hesita em deixar uma mensagem ao presidente do banco Santander, Emilio Botin.


“Políticos e banqueiros são uma desgraça para o país” sobre uma nota de cinco euros.


Outra mensagem formula um estranho pedido, em jeito de ‘máquina do tempo’: “voltem ao passado e assegurem que os pais de Mariano Rajoy nunca se encontrem.


Este utilizador do Twitter promete não deixar nenhuma nota sem mensagem, por mais alto que seja o seu valor. Numa nota de 50 euros pode ler-se: “como eu sei que esta nota vai acabar nas vossas mãos deixo-vos uma mensagem pessoal”, cujo conteúdo é claro em espanhol.


Outro utilizador do Twitter publicou esta mensagem, escrita no troco de 10 euros da compra do dia no supermercado.

“Esta nota é dinheiro negro, por favor não a deixem circular”


E se os espanhóis que aderem a este protesto pretendem pagar a crise, “na mesma moeda”, a realidade é que, não há ainda notícia de mensagens escritas sobre notas de 100 ou 500 euros.