Última hora

Última hora

The Corner: Bayern sem concorrência na Alemanha

Em leitura:

The Corner: Bayern sem concorrência na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

No futebol europeu o fim de semana ficou marcado pelo regresso da Bundesliga após a pausa de inverno e se ainda existiam dúvidas acerca do domínio do Bayern de Munique, foram rapidamente dissipadas.

Os bávaros venceram em Mönchengladbach com golos de Mario Götze e Thomas Müller, somando o 15º quinto triunfo em 17 jogos.

Já o Borussia Dortmund voltou a marcar passo. Nuri Şahin até parecia ter dado a vitória à equipa da casa quando marcou o 2-1 já no segundo tempo, mas Ji Dong-won, que até já tem contrato com o Borussia para a próxima temporada, restabeleceu a igualdade pouco depois.

No entanto as más notícias para Jürgen Klopp não se ficaram por aí, Jakub Błaszczykowski sofreu uma lesão no joelho direito e não joga mais esta temporada.

O ponto conquistado até permitiu à equipa de Dortmund subir à terceira posição mas já a 14 pontos do Bayern. Os bávaros estão cada vez mais sós no topo, o segundo classificado, Bayer Leverkusen foi derrotado em Freiburg.

Mónaco perde Falcao mas ganha terreno

Em França, o Paris Saint Germain tropeçou em Guingamp. A equipa da casa perto da vitória, Mustapha Yatabaré fez o primeiro golo da partida a seis minutos dos noventa, mas Alex salvou os parisienses ao empatar apenas três minutos depois.

Mesmo sem o lesionado Falcao, o Mónaco soube aproveitar a escorregadela da equipa da capital impondo-se ao Marselha. Valère Germain e Emmanuel Rivière marcaram para a equipa do principado num jogo onde a vitória dos monegascos nunca esteve em causa.

Com este triunfo, o Mónaco colocou-se a apenas três pontos do PSG. Na terceira posição, já praticamente afastado da luta pelo título, está o Lille.

Ajax aproveita escorregadela do Vitesse

Na Holanda, o Ajax sofreu para conquistar os três pontos frente ao Go Ahead Eagles mas Frank de Boer conseguiu tirar um coelho da cartola.

Num jogo bastante equilibrado, Lasse Schøne saltou do banco para dar os três pontos à equipa de Amesterdão. O dinamarquês entrou para o lugar de Kolbeinn Sigþórsson e precisou de apenas nove minutos em campo para marcar o tento solitário da partida.

Com esta vitória, o Ajax isolou-se na liderança aproveitando o empate do Vitesse na receção ao lanterna vermelha, NEC.

Juventus chumba novamente no Olímpico de Roma

A Juventus voltou a dar-se mal no Olímpico de Roma. Apenas quatro dias depois de ter sido eliminada da Taça de Itália pelo Roma, a vecchia signora não foi além de um empate frente à Lazio.

A expulsão de Buffon, aos 24 minutos revelou-se decisiva, Antonio Candreva não perdoou da marca de grande penalidade. Fernando Llorente ainda conseguiu evitar a derrota da equipa de Turim mas o empate colocou um ponto final a uma série de 12 triunfos consecutivos dos campeões italianos.

Com este resultado, a Lazio deu uma ajuda aos rivais da Roma, que estão agora a seis pontos da Juventus.

Adeptos do Trabzonspor não se dão por vencidos

Chegou ao fim o julgamento de manipulação de resultados na Turquia e os adeptos do Trabzonspor não se conformam com o desfecho. Mais de 30 mil protestaram nas ruas de Trabzon contra a decisão da Federação de não atribuir o título de 2010/2011 à sua equipa.

O sentimento de injustiça é agravado pelo facto do Fenerbahce, que tinha terminado em primeiro, ter sido punido pela UEFA com dois anos de suspensão das competições europeias e pelo facto da justiça turca ter confirmado a pena de seis anos e três meses de prisão para o presidente do Fenerbahce, Aziz Yildirim.