Última hora

Última hora

Só um milagre pode salvar Portugal

Em leitura:

Só um milagre pode salvar Portugal

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de todas as equipas eliminadas nos últimos dias, os europeus salvaram a face, com a Bélgica a garantir o lugar nos oitavos, ao vencer a Rússia por 1-0 e Portugal a manter a esperança de seguir em frente. Vamos ver os resultados do dia.

Frente aos Estados Unidos, a equipa das quinas pareceu estar melhor que face à Alemanha, mas a verdade é que não foi além de um empate. Varela, a passe de Cristiano Ronaldo, salvou a honra do convento no último minuto.

Nani, logo aos cinco minutos, abriu o marcador, mas na segunda parte Jermaine Jones e Clint Dempsey quase puseram fim ao sonho lusitano. Varela fez o 2-2 segundos antes do apito final.

A Alemanha e os Estados Unidos comandam o grupo com 4 pontos. Portugal e Gana têm apenas um ponto cada. Matematicamente, nenhuma equipa está eliminada, mas as esperanças são agora muito magras. Basta um empate entre alemães e americanos para que passem os dois.

A Bélgica teve de esperar até aos últimos minutos de jogo para marcar o golo solitário do encontro. Divock Origi marcou ao minuto 88 para os belgas, depois de um centro de Eden Hazard.

Depois de ter vencido a Argélia no primeiro jogo, os belgas são a primeira equipa do grupo H a ter o bilhete para os oitavos-de-final.

No outro jogo do grupo, a Argélia enfrentou a Coreia do Sul e está mais perto de uma passagem aos oitavos, com uma vitória por 4-2.

O sportinguista Slimani abriu o marcador para os argelinos ao minuto 26 e logo a seguir foram Hallliche a fazer o golo do 2-0 e Djabou a assinar o 3-0.

Os coreanos marcaram por Heung-Min Son e por Ja-Cheol Koo. Yasine Brahimi fez o quarto golo dos argelinos.

A Bélgica, já qualificada, soma seis pontos, a Argélia três. A Rússia e a Coreia têm ambas apenas um ponto.

No grupo A, está tudo em aberto. A única equipa eliminada até agora, os Camarões, pode dar uma surpresa desagradável ao país anfitrião.

Mas o jogo do tudo ou nada neste grupo joga-se no Recife, entre a Croácia e o México. Em São Paulo, o Chile e a Holanda discutem o primeiro lugar do grupo B.

O México entra no jogo embalado pela boa exibição contra o Brasil, mas a Croácia não quer perder a oportunidade de passar à próxima fase.

Os croatas impuseram-se por 4-0 no jogo contra os Camarões e precisam de uma vitória para poderem garantir a presença nos oitavos, isto partindo do princípio que o Brasil vence, ou pelo menos empata, e os Camarões não estragam a festa aos canarinhos.

Ochoa, que chegou ao mundial como suplente, foi sem dúvida a figura do Brasil-México, que acabou empatado a zero. O guarda-redes do México assinou algumas das defesas mais memoráveis deste Mundial. O treinador Miguel Herrera vai certamente continuar a apostar no guardião.

Javier Hernández, avançado do Manchester United, é outra das grandes armas dos mexicanos, mesmo se começou os últimos dois jogos no banco.

O Brasil e o México estão empatados na frente com quatro pontos. A Croácia tem três e os Camarões, já eliminados, ainda não pontuaram.

No grupo B, tanto a Holanda como o Chile têm o acesso garantido à próxima fase, mas ambas querem garantir o primeiro lugar.

A Espanha, campeã em título, foi o cordeiro quer para os holandeses, quer para os chilenos.

A Holanda está mais próxima do primeiro lugar. Com um “goal average” maior, graças aos 5-1 à Espanha, aos holandeses basta um empate. Uma ocasião para Louis Van Gaal fazer descansar alguns titulares. Van Persie está castigado e não pode alinhar.

O Chile precisa da vitória. O treinador Jorge Sampaoli deve fazer algumas mudanças no 11 titular, com Charles Aranguiz lesionado no joelho. Alexis Sanchez, que alinha no Barcelona, deve ser uma das apostas chilenas para o jogo. Um primeiro lugar vai, provavelmente, evitar ao Chile ou à Holanda um encontro com o Brasil nos oitavos.

As contas, para já, são muito simples: Seis pontos para a Holanda e para o Chile, zero para a Austrália e para a Espanha, ambas já afastadas da corrida pela presença nos oitavos.

Podemos estar enganados, mas estes são os palpites da equipa de desporto da euronews para os próximos jogos. Não se esqueça de dar também o seu, através das redes sociais, usando o “hashtag” #TheCornerScores.

Ninguém parece acreditar numa saída de Espanha sem qualquer ponto. Apostamos assim numa vitória da “Roja” por 2-1 sobre a Austrália. As apostas vão também para vitórias do Brasil, do México e da Holanda.