Última hora

Última hora

The Corner: Brasil quer sair de cabeça erguida

Em leitura:

The Corner: Brasil quer sair de cabeça erguida

Tamanho do texto Aa Aa

É o jogo que ninguém quer jogar. O jogo que não convence jogadores nem adeptos. O jogo que decide o terceiro classificado do Campeonato do Mundo do Brasil.

Terá lugar no Estádio Mané Garrincha, entre Brasil e Holanda. O escrete canarinho tenta lavar a imagem depois da humilhação frente à Alemanha. Na Holanda, Louis van Gaal despede-se num jogo que não serve para nada, de acordo com o técnico holandês.

O duelo de Brasília até pode servir para pouco mais que cumprir calendário mas para a equipa da casa é o orgulho que está em jogo.

Trata-se da última oportunidade que os jogadores têm para colocar um sorriso na cara dos adeptos, um sorriso necessariamente triste para quem começa a acordar do maior pesadelo na história do futebol brasileiro.

O capitão Thiago Silva, baixa de peso no encontro frente à Alemanha, deverá regressar ao eixo da defesa depois de ter cumprido um jogo de castigo.

Já a Holanda promete ser o maior adversário de si própria. O estado anímico da equipa está longe de ser o melhor e mesmo o treinador afirma que preferia ter regressado a casa a ter de jogar este encontro.

Fisicamente, o estado dos jogadores não é muito melhor. Não só tiveram menos um dia de descanso que os brasileiros como ainda foram obrigados a jogar 120 minutos quer nos quartos, quer nas meias-finais.

Mais um jogo e chega ao fim o suplício para brasileiros e holandeses.

Mais quatro anos para Scolari?

Também perto do fim poderá estar o reinado de Luiz Felipe Scolari na seleção brasileira. No entanto o homem que liderou o escrete canarinho ao último título mundial em 2002 recusa-se a falar em demissão e não é o único a pensar assim.

Marco Polo del Nero será o próximo presidente da Confederação Brasileira de Futebol e não podia ser mais claro. Por ele, o sargentão fica.

O futuro homem forte do futebol canarinho sublinha que não se pode condenar um homem por um erro e mesmo Scolari revelou abertura para continuar após a derrota das derrotas frente à Alemanha.

Complicado é encontrar adeptos que pensem da mesma forma e apesar da vontade dos dirigentes brasileiros, a pressão social deverá desempenhar um papel fundamental no futuro de Scolari.

Uma aposta de risco

Na equipa de desporto da euronews gostamos de tentar adivinhar o futuro. Ou pelo menos os resultados do Campeonato do Mundo. Não que tenhamos algum talento especial para isso.

Para o desafio entre Brasil e Holanda não tivemos muitas dúvidas. Sem pôr as mãos no fogo, que já nos temos queimado muito no mundial, arriscamos numa vitória brasileira pela margem mínima.

E já que é para arriscar, apostamos que será Fred, o patinho feio dos canarinhos a marcar o único golo da partida.

Também pode dar os seus palpites nas redes sociais usando a hashtag #TheCornerScores.