Última hora

Última hora

Edifícios bem aconchegados

Em leitura:

Edifícios bem aconchegados

Tamanho do texto Aa Aa

Metade dos edifícios europeus foram construídos antes de 1975. Podem ser bonitos mas escondem uma realidade muito mais desagradável.

Segundo Emilio Pizzi, Engenheiro do Politécnico da Universidade de Milão:“Estes edifícios foram construídos numa altura em que os parâmetros como a energia, a eficiência o consumo e as emissões não eram uma prioridade. Portanto, há uma forte necessidade de transformar e atualizar as performances térmicas de todo este património arquitetónico europeu. Chegou a hora de inovar em novos sistemas para adaptar estes prédios… Com a eficiência energética em mente.”

Cientistas de um projeto de investigação europeu desenvolveram novos materiais de isolamento para tornar os prédios antigos mais eficientes em termos de energia nas fachadas, paredes duplas e interiores.

Karim Ghazi Wakili, Físico, do Instituto de Pesquisa EMPA explica: “Este é o material de isolamento feito principalmente de três camadas de fibras de poliéster. Que têm o maior isolamento térmico… Aqui temos o outro material. Tem apenas uma camada de fibras de poliéster. E tem dois tecidos de ambos os lados… Este é o terceiro material. É o mais barato. É feito de um outro material chamado “perlite”. É mais espesso porque a perlite tem uma condutividade térmica mais elevada”.

Os investigadores testaram estes materiais num edifício histórico do Politécnico da Universidade de Milão. O edifício foi construído em 1965. As paredes internas de uma das salas foram cobertas com sensores e equipadas com os três protótipos de materiais de isolamento.

A empresa que visitámos faz kits pré-fabricados para a modernização de fachadas. Os materias de isolamento desenvolvidos pelos investigadores vão ser incorporadso nalguns desses kits com um processo personalizado. O mercado está pronto para estas soluções a um preço competitivo.

Para Marco Preda, Diretor de Operações da Magnetti Building: “Durante estes últimos anos, temos visto dados que parecem provar que o mercado para o reequipamento de fachadas e edifícios está realmente em ascensão. Estamos bastante otimistas sobre as perspetivas de mercado para este tipo de novos materiais de isolamento”.

Os investigadores esperam que as novas soluções de isolamento se possam tornar uma realidade no mercado a preços acessíveis no espaço de 4 ou 5 anos.

www.easee-project.eu